Apesar das Evidências...


O sujeito só tinha um braço e senta-se na cadeira daquela velha barbearia.

- Barba e cabelo! - ordena.

Assim que começa a barba o barbeiro faz-lhe um corte no rosto, depois outro no queixo, outro no pescoço; ao acertar o bigode espeta-lhe o nariz; em seguida, começam as tesouradas: no crânio, na nuca, nas orelhas. No final, o barbeiro pergunta:

- Você era meu freguês ha muito tempo atrás, não e' mesmo?

- Não, senhor! O braço eu perdi num acidente de automóvel!


Volte e veja mais: Lista 2 de Piadas e Anedotas Curtas


0 Palpites são Grátis!:
Piada Recomendada:

Eleja!

Responda você!


Não encontrou o que queria?
Pesquise aqui com o Google!

 
Leia + uma muito boa: