Um Crente com Muita Crença!


Colaboração enviada pela leitora Paula Rodrigues de Cuiabá - MT

Um rapazinho muito crente estava em plena praça pública lendo a bíblia em voz alta para os transeuntes. Freqüentemente gritava: "Aleluia!" e " Glória à Deus!".

Um homem sentado em um banco próximo ficou incomodado e resolveu perguntar o motivo de tanto alvoroço.

O crente respondeu:

-É que Deus é Maravilhoso...imagine que Ele fez o mar se abrir, e Moisés passou com seu povo fugindo do exército do Egito!

O outro, com cara de deboche, responde:

-Acontece que não foi Deus quem fez isso. Tudo é apenas um fenômeno em que o mar fica com 2 cm de água e qualquer um passaria, com ou sem Deus.

O crente pára...pensa...e pergunta:

-E fica muito tempo assim seco com 2 cm de água apenas?

-Muito, muito tempo mesmo! - responde o outro

-Glória à Deus! Aleluia!! , recomeça o irmão.

-Escute, o que foi agora ?

E o crente responde:

-Glória à Deus que fez todo o exército do faraó do Egito morrer afogado em apenas 2cm de água!!!!!


Volte e veja mais Piadas Engraçadas


2 Palpites são Grátis!:
Universo XXI Michael disse...

Piada Goospel Santa e Abençoada.
Em memória a algumas estudantes amigas ...
Big Brother Real (Criadouros de Cachorros).
Uma garota na faixa dos vinte anos de idade morre estupidamente sem que se saiba bulhufas de como isso se sucedeu.
Então, todo condoído, o católico da paróquia diz assim pra mãe da garota, em estado íntimo que é só pedaços: “Ela era tão devota, e tão boazinha, imagine que nunca esquecia de suas obrigações com a paróquia (lençinho nas lagriminhas) ... sem a caridade dela nem sei como vamos dar de comer àqueles rapazes que precisam tanto levar uma cruz dura pela Palavra”.
A mãe tocada diante do tamanho do amor da filha, e incerta de quanto ela suportava esse amor, diz encharcada por tanta inclinação divina: “Nem pensar pároco, agora que ela está com Jesus não só o dízimo pequenino e tanto que ela dava de si vai faltar, eu mesma vou levar tudinho lá; não é por isso que o amor de Jesus vai esfriar”.
O pastor batista sentindo também a perda de tão prestimosa ovelha, em confraternização com os pastores do macedo, desabafa choroso: “Isso é que era ovelha valiosa pro reimno, um exemplo no rebanho. Que família! Temos que converter essa mãe pro verdadeiro caminho”.
Nas proximidades, com ouvido bem aberto aos acontecimentos o pastor assembleiano pula da cadeira da outra casa tão pobremente conseguida de frente pro mar, e aconselha com incrível bondade: “Isso tem que ser feito cum sabedoria. Quem tem mais lá?”.
Um novato abelhudo se mete alopradamente: “Dizem que o irmão dela tá regado na grana. O muleque faz estrípitíse, canta, é chefe de torcida do time da cidade ...”
Mas o conselho de outras denominações mais cheio do espíritu toma o assunto com autoridade: “ Não tão vendo que não se pode deixar uma garota assim chegá tão desamparada no céu, sozinha sem o pai?”.
Um outro abençoadíssimo “preletor” tomado pelo espíritu, lembra que um irmão que chegou da África precisa de cuidados, e que ele é a chave pra fechar e abrir a sorte daquela casa; porque o garoto “perdido” e sem irmã também vai precisar de pai.
Nesse instante até o Crack sentado no trono se comove e derrama seu podrer Tremendo, de tanto espíritu de revelação e bondade santa. E eles todos, a irmandade toda ecumenicamente dá graças, e se esbanjam de felizes de tanta graça.
Na esquina da venda, uma irmã discretíssima depois de espreitar pela fresta da cortina o ir-e-vir dos outros, corre pra “falá” com uma “mirnistra” da Palavra, e com a mãozinha no peito tão sentida, confessa: “Ai que era uma moça tão obediente” ...” Dela se aproveitava tudo”.
E a “mirnistra” logo insta à ingênua: “”Ih! Minha filha ... Disso aí digo Chiii ... Aquela lá não era lá essas coisas não; não vê?! Ficou toda emburradinha só por que o namorado da minha filha tinha uma tarazinha por ela. E quê adianto! Tá lá agora estendidinha”.
Uma assídua seguidora de procissão chega rápido na prosa e recatada põe o dedinho com dois toquinhos no biquinho e diz: “Cala-te boca.”
O molecão-arrasta-cachorro-pra-fazer-cocô-no-parquinho muito puto e vingado, espraia pros amigos na balada: “Pô! Aquela vagaba dava pra todo mundo, só por que eu quis agarrá ela na escada, ficou toda putinha comigo. Quase me fudí maluco!”
Os papa-biscoito-venu-bíguibródi, da ganguinha de fode-mal, se alopram em côro: “Pôrra, qualé a tua Mané?! Por que não falô cum a renti! Sê tu falassi, nós tudo pegávamu ela. Armavamu um bóti e ela tinha qui dá pá todo mundo!”
Um nada, um estranho, que notava esses estrumes ganindo, passa no roseiral, apanha uma flor, vai e coloca na mesa da sala de aula onde a garota estudava. Talvez soubesse que algumas balas não eram tão perdidas assim, e soubesse que alguns acontecimentos eram mesmo da “vontade soberana do deus”, que tanto faz “bem” aos seus “amados” à sua imagem, educados à sua semelhança.

drica disse...

não é piada mas é engraçado.
eu tenho um tio chamado jeová, 171 ,malandro mesmo.
certa vez minha vó estava na casa dele e eis que aparece os testemunho de Jeová.
Então eles começaram a bater palmas,minha avó saiu pra ver quem era:Vó -pois não?
testemunho de Jeová- somos testemunho de Jeová podemos falar.
Vó-oque foi que o Jeová fez?ele foi preso?
kkkkkkk comédia minha vó

Piada Recomendada:

Eleja!

Responda você!


Não encontrou o que queria?
Pesquise aqui com o Google!

 
Leia + uma muito boa: