A Fábula do Cachorro do Chefe ou... seria do chefe cachorro?


É de autoria desconhecida, mas bem que poderia ter sido escrita pelo Max Gehringer.

Um açougueiro estava quase no fim do expediente e se surpreendeu surpreso quando um cachorro entrou na loja. Ele o espantou mas logo em seguida o cachorro voltou e quando ia espantar o cachorro novamente notou que ele trazia na boca um bilhete que ele pegou e leu:

-“Por favor, envie-me meio quilo de lingüiça e um quilo de peito de frango. Obrigado".

Junto com o bilhete havia uma nota de cinqüenta Reais. Então o açougueiro pegou o dinheiro e pôs a lingüiça e o frango em um pacote na boca do cão. Impressionado, o açougueiro, que já estava mesmo na hora de fechar o açougue, decidiu fechar e seguir o cachorro.

O cachorro desceu a rua até o cruzamento, depositou a bolsa no chão pulou e apertou o botão para fechar o sinal e esperou pacientemente, com o saco na boca, até que o sinal fechasse; atravessou a rua indo a uma parada de ônibus.

No ponto de ônibus o cão sentou-se no banco e ficou esperando. Quando o ônibus chegou o cachorro foi até a frente para conferir o número e voltou para o seu lugar. Outro ônibus chegou, ele tornou a olhar, viu que era o ônibus certo e entrou.

O açougueiro boquiaberto seguiu o cão. De repente o cão se levantou e ficou em pé nas duas patas traseiras e apertou o botão para saltar, tudo isso com as compras ainda na boca.

Ao descer do ônibus caminhou pela calçada até que parou diante de uma casa e pôs as compras no chão.

Então ele voltou um pouco, correu e se atirou contra a porta algumas vezes. Como ninguém respondeu o cachorro circundou a casa, pulou um muro baixo foi até a janela e bateu com a cabeça no vidro algumas vezes, encaminhou-se de volta para frente da casa quando um cara enorme abriu a porta e começou a espancar o cachorro.

O açougueiro correu até o homem e o impediu dizendo:

- “Pelo amor de Deus cara, o que você está fazendo? Esse cachorro é um ‘expert’, um fenômeno!”

E o sujeito responde:

-Fenômeno? Expert? É a segunda vez na semana que este cachorro idiota esquece a chave da porta!

Moral da História:
Você pode continuar acima das expectativas mas, aos olhos de alguns chefes, isto estará sempre abaixo do esperado.


Pense, medite e divirta-se com os textos de: Crônicas de Max Gehringer, Arnaldo Jabor, Luis Fernando Veríssimo, Millôr Fernandes e José Simão e outros autores que provocam reflexão.


0 Palpites são Grátis!:
Piada Recomendada:

Eleja!

Responda você!


Não encontrou o que queria?
Pesquise aqui com o Google!

 
Leia + uma muito boa: