Os Princípios do BP - Boas Piadas


Declaração Pública a Gaúchos, Portugueses, Loiras, Gays, bichas e outros afetados e envolvidos, principalmente aos que vestem carapuças:
  • São Tomás de Aquino, já no século XII, escrevia que "brincar é necessário para levar uma vida humana", defendendo que as piadas seriam importantes para repor as "forças do espírito".
  • Este blog faz anedotas, brincadeiras, chistes, escárnio, facécias, gozações, graças, gracejos, jocosidades, piadas, pilhérias, sacanagem, travessuras e zombarias com todos indistintamente, (ninguém pode reclamar de ter ficado de fora), com o explícito é único objetivo de brincar.
  • Aqui, ninguém, de nacionalidade nenhuma e de nenhum grupo ou minoria social, está imune à verve piadística do Boas Piadas. Só os pretos, negros e negões, por razões absolutamente justas receberam a vacina.
  • Piada ou anedota é uma história que tenta ser engraçada, mas muitas vezes, inclusive aqui, não é. Segundo Sigmund Freud, considerado o “pai da psicanálise” as piadas são basicamente de dois tipos: ingênuas ou tendenciosas. Temos aqui muitas do segundo tipo, que possuem nuanças preconceituosas, eróticas, sexuais, maliciosas ou sensuais e, principalmente, caçoam de e com quase todos estereótipos.
  • Estereótipo é a imagem preconcebida de determinada pessoa ou grupo de pessoas, coisa ou situação. Estereótipos são fonte de inspiração de muitas piadas, algumas de conteúdo racista, como as piadas de judeu e turcos, que são retratados como avaros, e de portugueses (no Brasil), representados como pouco inteligentes, etc. O estereótipo está freqüentemente atrelado ao preconceito e é basicamente infundado, carecendo de substrato na realidade.
  • Nosso único limite é não usar estereótipos infundados que, simultaneamente, fomentem a discriminação e o preconceito que realmente ocorrem, prejudicando de forma material ou moral a um grupo especifico de pessoas. Por isto, não fazemos piadas de negros, que, como comprovam as estatísticas e é de conhecimento público, são alvo de discriminação real. Por outro lado, insinuamos que portugueses e loiras são burros e que gaúchos são homossexuais, pois todos sabem que estas três insinuações representam inverdades e as pessoas não sofrem prejuízos reais em função da maledicência das piadas. Bom, pelo menos nunca chegou a nosso conhecimento que alguém tenham deixado de comprar o pão na padaria de um português, namorar uma loiraça ou ir à churrascaria de gaúcho pelas famas que cada um deles têm.

Além disso, o riso (em tese, o principal objetivo da piada) é considerado como algo saudável, pois libera endorfina (hormônio produzido no cérebro que produz sensação de bem-estar e alivia a dor), além de diminuir a pressão arterial e aliviar a tensão. Só queremos liberar e doar endorfina para todos. Então, Boas Piadas para todos!


12 Palpites são Grátis!:
Erick disse...

Muito bom o blog. Mandou bem, parabens!

Anônimo disse...

Vc diz:
" aqui, ninguém, de nacionalidade nenhuma e de nenhum GRUPO ou MINORIA social, está imune à verve piadística do Boas Piadas"

Então pq nao há seções de piadas de minorias ou grupo sociais como MULHERES, JUDEUS, CIGANOS ? Eles são minorias e deveriam estar no blog , além dos negros também.

Os homossexuais são a ÚNICA minoria que vc criou seção no seu blog ! Por quê? Coloque todas as minorias ou nao coloque nenhuma, ai eu nao reclamaria. Tem coragem ? Não precisa responder algo que nós dois já sabemos.
Ao invés de dizer essa mentirada toda, deveria ter escrito: "Os homossexuais são a única minoria que podem ser zombada e por isso ser colocada aqui, as outras não."

-----------------------------------
Você diz:
"Por isto, nao fazemos piadas de negros, que, como comprovam as estatísticas e é de conhecimento público, são alvos de discriminação real"

Cara, enquanto houver uma seção para gays no blog, os quais sofrem agressão e até assassinatos, vc estará se contradizendo.

A sinceridade é dura, mas eu prefiro ela do que a hipocrisia.

Liberdade de expressão não significa liberdade para ofender e diminuir a dignidade da pessoa humana.

Blogante disse...

Olá Anônimo,

Inicialmente gostaria de agradecer o seu comentário. Acho importante receber feedbacks dos leitores, para melhorar o blog e esclarecer eventuais dúvidas.

Então vamos lá:

No seu comentário você perguntou: "

"Então pq não há seções de piadas de minorias ou grupo sociais como MULHERES, JUDEUS, CIGANOS? Eles são minorias e deveriam estar no blog , além dos negros também."

Eu respondo:
Leia com mais atenção. Quando dizemos que "aqui, ninguém, de nacionalidade nenhuma e de nenhum GRUPO ou MINORIA social, está imune à verve piadística do Boas Piadas", por lógica, não estamos nos impondo a obrigação de fazer piadas de todos os gêneros, só estamos dizendo que nos permitimos, isto se quisermos. Além do mais, o blog está cheio de piadas de mulheres e judeus. Quanto aos ciganos, eu diria que não há nenhuma simplesmente porque não conheço piadas sobre esse povo. Finalmente, sobre o negros existe uma proibição expressa em lei.

Como já dito, os homossexuais NÃO SÃO a ÚNICA minoria para a qual existe seção no blog! Novamente, preste atenção.


Citando o que você escreveu: "Por isto, nao fazemos piadas de negros, que, como comprovam as estatísticas e é de conhecimento público, são alvos de discriminação real" Cara, enquanto houver uma seção para gays no blog, os quais sofrem agressão e até assassinatos, vc estará se contradizendo. A sinceridade é dura, mas eu prefiro ela do que a hipocrisia. Liberdade de expressão não significa liberdade para ofender e diminuir a dignidade da pessoa humana. (sic)

Eu também respondo. Querer equiparar a discriminação sofrida pelos gays a aquelas impostas aos negros e judeus é, para dizer o mínimo, uma enorme ignorância da história humana. É com você mesmo disse: "A sinceridade é dura...". Em hipótese alguma concordo com as agressões sofridas pelos homossexuais, mas, em números absolutos, o que são elas perto dos seis milhões de judeus mortos durante a Segunda Guerra ou os intangíveis números relativos ao período da escravatura e, também, depois dele, no caso dos negros?

Meu caro, a liberdade de expressão incluiu o humor e nem todo humor sobre minorias implica em diminuição da dignidade da pessoa humana. Defenda seus direitos, mas, por favor, pense um pouco.

Anônimo disse...

Que bom que o senhor entende que discussão nao é uma briga, mas sim a melhor forma de se chegar a luz para ambos os lados.
Vamos lá !
Ok, uma única vida nao importa e sim a quantidade delas. Devemos nos sensibilizar qdo agredirem e matarem milhões, segundo o senhor.
Quanto à história, senhor, a escravização dos negros e a quase dizimação dos judeus é algo informado em registros históricos, por isso temos conhecimento e nos sensibilizamos. Qto aos gays, nao temos dados históricos simplesmente pq nunca se preocuram em. Porém, por eles nao existirem não significa que o número nao seja alarmante JÁ QUE foi e é considerado algo “demoníaco” desde a antiguidade. Realmente, acho que em 2.000 anos só tivemos uma bagatela de 1.000 mortes decorrentes do simples fato de alguém ser homossexual.
Se para o senhor o que importa é a quantidade, posso tentar lhe mostrar os milhões? Vejamos:
No Brasil, um homossexual é morto a cada 36 horas e esse tipo de crime aumentou 113% nos últimos cinco anos. Em 2010, 260 mortos. Em 2011, 272 assassinatos. Em 2012, APENAS nos dois primeiros meses, já foram 92 assassinatos. Vale frisar que somos considerado o país com mais aversão aos gays no mundo. Além disso, as estatísticas não constam diversos assassinatos de gays pq muitas famílias não querem ter sua “honra” manchada; pq delegados ATÉ HOJE não aceitam registrar ocorrências com motivação homofóbica . E os casos de agressão ?? E os casos de humilhação, bullying ? Ahh, isso não importa! Só milhões de mortos importa. E tem q ser registrados, caso contrário essas vidas não interessa, não tem valor.
Façamos os cálculos:
- Tendo uma média de 280 assassinatos de gays POR ANO pelo simples fato de serem gays. Isso apenas em um país! Se multiplicarmos isso por 2.000 anos e considerarmos os diversos outros países no mundo, quanto daria ? Concordo, realmente é uma mixaria os milhões que essa multiplicação apresentaria.
E o que mais me choca, senhor, é que no mundo em que vivemos hoje, com a evolução do Direito, com toda essa política de Direitos Humanos, temos esse número de assassinatos.Fico imaginando qual seria a estatística em qualquer época passada. Até hj vários países do oriente tem pena de morte para gays, e em épocas antigas todo o Ocidente TAMBÉM com o aval da religião. E, claro, não eram registrados.
Infelizmente os gays começaram tarde a ter esses registros. Esperemos então chegar a esses milhões DE NOVO rsrsrs.
O seu blog tem todo o direito de falar piadas - como a VIDA NO INFERNO - que gay é algo tão ruim quanto às drogas e viverão no inferno. Isso é o q fica no subconsciente de muitos, principalmente daqueles q não tiveram educação e não possuem perspicácia para distinguir o certo do errado.
Não estou querendo de forma alguma dizer que os gays sofreram mais que judeus ou negros, mas dizer que só pq não há registros históricos a comparação é injusta? Não concordo!
“Meu caro, a liberdade de expressão incluiu o humor e nem todo humor sobre minorias implica em diminuição da dignidade da pessoa humana”
Pois é, senhor, dos 73.700,114 visitantes do seu blog, gostaria de saber quantas pessoas tem essa ótima consciência que o senhor tem ? Por que o senhor não faz uma enquete no blog sobre o que as pessoas acham de um gay? Creio que o senhor irá se surpreender com o resultado e observará que muitos que leem as piadas estão é alimentando o próprio ódio.
Na verdade, esquece, o q uma pessoa pode fazer para mudar o mundo? Cada um fazendo sua parte nunca muda nada, não é mesmo? O negócio é eu rezar para não ser vítima de um atentado de ódio, porém, pelo menos se for, talvez algum dia o senhor se sensibilize, pois agora será registrado.
Parabéns pelo blog, gosto dele apesar de não concordar com isso. Eu resolvi agora falar pq há muito tempo isso me incomodava.
Obs.: Acho que a melhor forma de fazer um Feedback em um blog é fazendo enquetes.

Anônimo disse...

Obrigado pela atenção senhor e obrigado por publicar minhas opiniões. Agradeço!
Mas meu debate acaba aqui, nao quero encher seu blog de comentários. Desculpe-me
Até!
XD

Anônimo disse...

Eu respondi ao seus questionamentos, porém nao foram liberados dando a entender que não tive argumentos contra o que vc disse. Manipulação do debate ? Triste !

Segue um link que comprova o eu lhe disse dias atrás.
Ano passado o Brasil bateu record no nº de assassinatos de homssexuais com 266 casos e esse ano pelo visto baterá tb já que até agora, apenas em abril, já temos 106.

http://acapa.virgula.uol.com.br/politica/brasil-tem-recorde-de-assassinatos-de-homossexuais-em-2011/2/32/16112

Blogante disse...

Olá Sr. Anônimo,

Por favor, não se incomode com minha demora a responder. Todos os comentários são moderados e, alguns, como os do Sr. merecem respostas pensadas e escritas com um mínimo de esmero.

Novamente tentarei emitir minhas opiniões sobre alguns pontos de sua abordagem. Mas, antes de tudo, gostaria de lhe comunicar que tenho um irmão e uma cunhada homoafetivos (é assim o termo atual?) os quais amo e defendo com unhas e dentes, respeito e espero que, um dia, tenham todos seus direitos respeitados pela sociedade em geral. Só para esclarecer, saiba que sou hétero e conto as piadas que coloco aqui para essa duas pessoas sem que elas se sintam ofendidas ou discriminadas.

Que bom que o senhor entende que discussão não é uma briga, mas sim a melhor forma de se chegar a luz para ambos os lados.
Realmente não é uma briga. Para mim é um prazer responder comentários eruditos ou bem fundamentados. Na verdade eles são raros em um site de piadas.

Ok, uma única vida nao importa e sim a quantidade delas. Devemos nos sensibilizar qdo agredirem e matarem milhões, segundo o senhor.
Leia o que escrevi. Essas palavras não são minhas e não são uma representação fiel do que eu quis expressar.

Quanto à história, senhor, a escravização dos negros e a quase dizimação dos judeus é algo informado em registros históricos, por isso temos conhecimento e nos sensibilizamos.
Sim, é verdade.

continua....

Blogante disse...

Qto aos gays, nao temos dados históricos simplesmente pq nunca se preocuram em. Porém, por eles nao existirem não significa que o número nao seja alarmante JÁ QUE foi e é considerado algo “demoníaco” desde a antiguidade. Realmente, acho que em 2.000 anos só tivemos uma bagatela de 1.000 mortes decorrentes do simples fato de alguém ser homossexual.
Também me parece correto.

Se para o senhor o que importa é a quantidade, posso tentar lhe mostrar os milhões?
Discordante de minha opinião, como já explicado acima.

No Brasil, um homossexual é morto a cada 36 horas e esse tipo de crime aumentou 113% nos últimos cinco anos. Em 2010, 260 mortos. Em 2011, 272 assassinatos. Em 2012, APENAS nos dois primeiros meses, já foram 92 assassinatos. Vale frisar que somos considerado o país com mais aversão aos gays no mundo. Além disso, as estatísticas não constam diversos assassinatos de gays pq muitas famílias não querem ter sua “honra” manchada; pq delegados ATÉ HOJE não aceitam registrar ocorrências com motivação homofóbica . E os casos de agressão ?? E os casos de humilhação, bullying ? Ahh, isso não importa! Só milhões de mortos importa. E tem q ser registrados, caso contrário essas vidas não interessa, não tem valor.
Agradeço as informações, mas elas são difíceis de interpretar pois não comparam com os dados dos número de mortos entre a população não homossexual.

Façamos os cálculos:

- Tendo uma média de 280 assassinatos de gays POR ANO pelo simples fato de serem gays. Isso apenas em um país! Se multiplicarmos isso por 2.000 anos e considerarmos os diversos outros países no mundo, quanto daria ? Concordo, realmente é uma mixaria os milhões que essa multiplicação apresentaria.
Novamente pergunto, onde está a comparação com o que ocorre com a população não homossexual?

continua...

Blogante disse...

E o que mais me choca, senhor, é que no mundo em que vivemos hoje, com a evolução do Direito, com toda essa política de Direitos Humanos, temos esse número de assassinatos.Fico imaginando qual seria a estatística em qualquer época passada. Até hj vários países do oriente tem pena de morte para gays, e em épocas antigas todo o Ocidente TAMBÉM com o aval da religião. E, claro, não eram registrados.
Perfeito. Assino em baixo.

Infelizmente os gays começaram tarde a ter esses registros. Esperemos então chegar a esses milhões DE NOVO rsrsrs.
Hoje os "gays" estão perdendo o medo de "sair do armário" e isso é bom. Espero que eles continuem a lutar pelo respeito, mesmo que isto implique em, um dia, eu ter que retirar do blog todas as piadas que passam pelo assunto.

O seu blog tem todo o direito de falar piadas - como a VIDA NO INFERNO - que gay é algo tão ruim quanto às drogas e viverão no inferno. Isso é o q fica no subconsciente de muitos, principalmente daqueles q não tiveram educação e não possuem perspicácia para distinguir o certo do errado.
Pô!!! Não me sacaneie assim! Aquela piada não é tão maldosa quanto da forma que você a interpretou. Ela não diz que gays vão para o inferno. Essas são palavras suas!

Não estou querendo de forma alguma dizer que os gays sofreram mais que judeus ou negros, mas dizer que só pq não há registros históricos a comparação é injusta? Não concordo!
Não posso discordar de você, porque, como você mesmo diz não ha registros, mas ainda acho a comparação das magnitudes inadequada. Apesar de que crueldade não se mede pelo número de vítimas.

“Meu caro, a liberdade de expressão incluiu o humor e nem todo humor sobre minorias implica em diminuição da dignidade da pessoa humana” Pois é, senhor, dos 73.700,114 visitantes do seu blog, gostaria de saber quantas pessoas tem essa ótima consciência que o senhor tem ? Por que o senhor não faz uma enquete no blog sobre o que as pessoas acham de um gay? Creio que o senhor irá se surpreender com o resultado e observará que muitos que leem as piadas estão é alimentando o próprio ódio.
Veja bem, o blog tem preocupações, digamos assim, mercadológicas. Nos interessa saber as predileções de nossos leitores, em função do quê incluímos conteúdos na tentativa de agradá-los. Nunca fiz uma enquete sobre "o que as pessoas acham de um gay", mas forma feitas enquetes sobre piadas de bichas e piadas de gay. Obviamente, os resultados não são conclusivos, mas minha interpretação é a de que a homofobia vem diminuindo nos últimos anos. Por favor, leia o seguintes link, aqui do blog mesmo:

http://boaspiadas.blogspot.com.br/2012/03/joaozinho-da-surra-em-gays.html

Blogante disse...

Na verdade, esquece, o q uma pessoa pode fazer para mudar o mundo? Cada um fazendo sua parte nunca muda nada, não é mesmo? O negócio é eu rezar para não ser vítima de um atentado de ódio, porém, pelo menos se for, talvez algum dia o senhor se sensibilize, pois agora será registrado.
Reze sim. Mas acho mais eficaz andar armado... (desculpe a brincadeira)

Parabéns pelo blog, gosto dele apesar de não concordar com isso. Eu resolvi agora falar pq há muito tempo isso me incomodava.
Agradeço com muita ênfase o seu feedback!

Mas meu debate acaba aqui, nao quero encher seu blog de comentários. Desculpe-me
O blog, apesar de não ser o foro mais adequado, sempre está e estará aberto a bons debates e não há o que se desculpar.

Eu respondi ao seus questionamentos, porém nao foram liberados dando a entender que não tive argumentos contra o que vc disse. Manipulação do debate ? Triste !

Já tá respondido, né?

Anônimo disse...

Olá Blogante! Eu Tenho Muitos Amigos Negros e Há Alguns Dias Atrás Li Um Monte De Piadas Preconceituosas Comparando Os Negros a Animais e a Várias Coisas do Gênero. Repeti à Eles As Piadas e Eles Riram Pois Não Levaram Ela Como Ofença. Então Nesse Caso é Preconceito Se As Piadas Com Ofenças Serem Aceitas Pelas Pessoas Que Estão Sendo Ofendidas?

Anônimo disse...

Olá Adubadores de Solo e "Espargidores" de Ideias Deturpadas de plantão,

Só queria lhes chamar a atenção. Sabe, é que me ocorre que, através do humor, as piadas são uma forma eficaz e contundente de repassar valores de cunho moral e de cunho ideológico. A piada é uma forma de externalização desses sentimentos que são, então, reprimidos pelos bons constumes e a ética covencionada. A saída é tratar disso tudo com humor, para que essas ideias, que, no mínimo, são duvidosas, possam ser ouvidas. Seu filho lhe pediria o boneco dos "Smurfs" sem nunca ter assistido os trapalhões inimigos do mesmo se darem mal? Essa é a piada: os inimigos se ferram! Se os "Smurfs" os assustassem (os pequenos), qual seria a graça de ter um boneco deles? Os "Smurfs" representão a bondade (mesmo que nós saibamos que isso não é bem assim). Se um "Smurf" enfiar o dedão nariz adentro a criança vai fazer o mesmo. Todos nós sabemos que enfiar o dedão na nareba na rua é coisa de porquinho, né? Mas os "Smurfs" representão um ideia de humor e camaradagem, ou seja, suas piadas são legais, quase que indiscutíveis. E se você encontra com o filho da vizinha com o dedão na nareba todas as manhãs no elevador? Como você o veria? A piada só não é engraçada quando não representa o seu ponto de vista, ideologia, postura ou orientação. Assim, poderiamos facilmente afirmar que muitas das piadas são o asilo da ignorância e, principalmente, da INTOLERÂNCIA. É, em geral, a forma que os infelizes acham para expor seus mais íntimos sentimentos de aversão, repúdio e deidade, a disseminar suas incongruências para com o respeito as diferenças, e proselitismo ao antagonismo a determiada vertente. Através do humor, peça característica da natureza humana, que os valores são facilmente digeridos e resignados. A piada tem um poder de penetração muito maior que um esporro, por exemplo. Ela faz com que nós "abaixemos a guarda" e diminuamos os "detectores de besteiras". Pra mim, a piada é uma fidedigna representante do pensamento e conduta moral do contador. A piada é intrínseca ao seu autor ou contador. Ponto final.

DS

Piada Recomendada:

Eleja!

Responda você!


Não encontrou o que queria?
Pesquise aqui com o Google!

 
Leia + uma muito boa: