Só um Velho Cão...


Aquela senhora idosa estava realizando o um antigo sonho: um safári ecológico (coisa que tá na moda). Como não tinha com quem deixar, levou junto com ela o velho cão da raça TL (popular tomba latas), pois o bicho era seu companheiro de muitos anos e também merecia se divertir.

Solto no luxuoso spa onde se hospedaram, o animal passava o dia farejando os cheiros novos e correndo atrás de algum divertimento. Numa tarde, quando percebeu, o cachorro havia se afastado muito e estava perdido.

Andando sem destino, tentando achar o caminho para o spa, o cão percebe que, não muito longe, um jovem jaguar (uma espécie de onça preta) também o viu e vem em sua direção, com intenção de conseguir um bom jantar.

O cachorro velho pensa:

-"Viche! Agora tô danado, bichim! (Acho que era um cão nordestino.) Olhando em volta e viu ossos espalhados no chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o cachorro senta-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao jaguar".

Quando o jaguar estava a ponto de ataca-lo, o cão fala bem alto:

-Bom mesmo! Cara, este jaguar estava delicioso! Será que tem mais por aí?

Ouvindo aquilo, o jaguar treme, interrompe o ataque, dá meia volta e vai se esconder em umas árvores.

-Caramba! pensa o jaguar, essa foi por pouco! O velho TL quase me pega!

Um chipanzé, como qualquer bom macaco, estava numa árvore ali perto, viu toda a cena e imaginou como fazer bom uso do que tinha visto: em troca de proteção para ele mesmo, resolveu contar ao jaguar o cão não tinha comido jaguar nenhum.

E foi isto que ele fez. Rápido, correu até o jaguar para contar a história. Mas o velho cachorro, que pra velho tinha uma visão incrível, vê o macaco correndo até o felino em grande velocidade, e pensa:

-Isto não cheira bem... Esse macaco vai aprontar alguma!

O chipanzé logo alcança o felino, “entrega o ouro” e faz um acordo com o jaguar.

O jovem jaguar fica furioso por ter sido feito de bobo, e fala:

-Aí, macaco! Sobe aí nas minhas costas para você ver o que vai acontecer com aquele cachorro!

Agora, o velho cachorro vê um jaguar furioso, vindo em sua direção, com um chipanzé nas costas, e pensa:

-E agora, o que é que eu posso fazer?

Ele sabe que suas velhas pernas não seriam páreo para o jaguar, então não dava para correr. O cão pensa um pouco e senta, mais uma vez de costas para os dois animais. Fica fazendo de conta que ainda não os viu e quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz bem alto, de novo:

-Ainda estou com fome! Cadê o malandro daquele chipanzé, que disse que ia trazer outro jaguar babaca para eu comer??


Esta também tem Moral da História:
“Nem sempre a força, a audácia e os ardis são armas eficazes contra a experiência.”


0 Palpites são Grátis!:
Piada Recomendada:

Eleja!

Responda você!


Não encontrou o que queria?
Pesquise aqui com o Google!

 
Leia + uma muito boa: