Animais nos Esportes: Geração Saúde?


Numa floresta tropical de um certo país da América do Sul, os animais da fauna tinham o péssimo hábito de consumir todo tipo de drogas.

Num fim de tarde, um porco do mato estava fumando um daqueles cigarrinhos do capeta, quando apareceu uma raposa correndo, seguida de mais alguns animais. Aí a raposa parou e disse:

- Meu amigo porco do mato, para de fumar isso... Vamos correr comigo, assim todos vamos ficar com mais saúde!

O porco do mato ficou tocado pela conversa da raposa, jogou o cigarrinho fora e foi correr com ela. . .

Alguns metros mais à frente, eles viram um tamanduá cheirando aquele pó branco, que também é coisa do capeta. Imediatamente a raposa voltou a defender seus hábitos de saúde:

- Tamanduá amigo, pare de cheirar essa coisa perigosa! Vamos correr juntos. Você vai ficar muito mais saudável com os exercícios!

O tamanduá pensou bem, jogou fora o pó e foi correr com a bicharada. . .

Mais uns quinhentos metros correndo e a turma encontrara uma onça cheirando cola de sapateiro. A raposa mais que depressa foi dar seus conselhos:

- Dona onça, minha velha amiga, pare de cheirar essa porcaria! Vamos! Venha correr conosco! Assim a gente vai ter uma vida saudável.

A onça soltou o saco de cola, chegou bem perto e deu uma violenta patada na cabeça da raposa, que voou longe e caiu desmaiada.

O porco do mato, o tamanduá e todos os outros animais ficaram loucos de raiva da atitude da onça, até que o tamanduá tomou coragem e perguntou:

- Ei, Dona Onça, por que você fez isso com a coitada da raposa?

E a onça, procurando o saco de cola, respondeu:

- Essa maluca aí, toda vez que toma ecstasy, acaba me convencendo a correr que nem doida pela floresta!
.


0 Palpites são Grátis!:
Piada Recomendada:

Eleja!

Responda você!


Não encontrou o que queria?
Pesquise aqui com o Google!

 
Leia + uma muito boa: